Importação de diagramas de processos do CSV

Use a importação CSV do Lucidchart para diagramas de processos e crie fluxogramas, raias e diagramas de processos com rapidez usando os seus dados. Este tutorial mostrará como formatar e importar dados para gerar um diagrama de processos.

Antes de importar os dados, verifique se eles atendem aos requisitos abaixo.

Este é um exemplo de como seus dados devem ser.

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.24.06_PM.png

Formato básico

Cada linha no arquivo (depois da linha que contém cabeçalhos da coluna) representa um elemento do diagrama do Lucidchart – uma página, forma ou linha.

Páginas

Cada página é representada como uma linha no arquivo. Páginas precisam de informações somente nas colunas ‘Id’, ‘Nome’ e ‘Área de texto’.

Formas

Cada forma tem sua própria linha também - incluindo recipientes, tais como raias, que são consideradas formas. O formato de arquivo CSV não inclui informações de posição de forma, mas inclui informações de nome, texto e contenção da forma.

Linhas

Cada linha é representada por uma linha no arquivo, que exibe informações sobre a quais blocos a linha se conecta, como são suas extremidades e texto (se houver).

Colunas obrigatórias

Id

Cada item no arquivo precisa de um número de ID. O ID é usado para identificar de forma exclusiva o item em outros lugares no arquivo, tais como aqueles com informações de contenção e linha. Os números de ID devem começar no 1 e subir de um em um em cada linha.

Nome

Cada item no arquivo também precisa de um nome. Páginas e linhas precisam somente dos nomes “Página” e “Linha”, respectivamente; no entanto, blocos precisam de um nome para identificar o tipo de bloco. Você encontra o nome apropriado de um determinado bloco ao passar o mouse sobre o bloco na sua biblioteca de formas.

Biblioteca de formas

Cada forma também precisa conter o nome completo de sua biblioteca de formas. Para encontrar esses nomes, abra o selecionador de biblioteca de formas pressionando ‘m’ no editor. Oferecemos suporte apenas para algumas bibliotecas de formas.

ID da p´ágina

Cada linha e forma precisa do ID da sua página na coluna ID da página. É o número na coluna ID da página em que se encontra.

Contido por

Embora seja obrigatória, a coluna ‘Contida por’ é preenchida somente por formas que residem dentro de uma ou mais formas de recipiente. Se uma forma estiver contida em um recipiente genérico, como o de retângulo, seu ‘Valor contido por’ incluirá o ID do recipiente. Se a forma estiver dentro de uma raia, seu ‘Valor contido por’ incluirá o ID da forma da raia, seguido por dois pontos e o índice da raia em que a forma se encontra. Essas chaves de identificação são delimitadas com barras verticais (“|”).

Área de texto 1

Páginas, formas e linhas podem conter dados nesta coluna. Para páginas, esta coluna é usada como o título da página. Para blocos e linhas, esta coluna é preenchida com o conteúdo da área de texto do elemento (ou a primeira área de texto, conforme o caso - veja a Área de texto [n] abaixo).

Colunas opcionais

Estas colunas podem ficar de fora caso nenhuma das formas que a preencheriam ocorrer no diagrama.

Origem da linha

Esta coluna é preenchida em todas as linhas e contém o ID da forma na primeira extremidade (“origem”) da linha. Se a linha não começar em uma forma, esta coluna deverá ser deixada em branco.

Destino da linha

Esta coluna funciona da mesma forma que a coluna Origem da linha, mas para a segunda extremidade (“destino”) da linha. Se a linha não terminar em uma forma, esta coluna deverá ser deixada em branco.

Seta de origem

Assim como a Origem/Destino da linha, esta coluna só deverá ser preenchida para linhas. Nesta coluna, cada linha terá um valor “Nenhum”, “Seta”, “Seta aberta” ou “Seta vazada”, dependendo do estilo da ponta da seta na primeira extremidade (“origem”) da linha.

Seta de destino

Esta coluna funciona igual à coluna Origem da seta, mas para a segunda extremidade (“destino”) da linha. O valor nesta coluna deverá ser “Nenhum”, “Seta”, “Seta aberta” ou “Seta vazada”.

Área de texto [n]

Caso uma linha ou forma contenha diversas áreas de texto, ela pertencerá a aqui. O arquivo deverá ter tantas colunas de Área de texto [n] quanto a forma com o maior número de áreas de texto. Muitas vezes, esta forma será uma raia, pois os cabeçalhos da faixa de uma forma de raia são uma área de texto independente.

A importação CSV usa o mesmo formato da exportação CSV, portanto, uma maneira de obter um exemplo de arquivo é criar um exemplo do tipo de diagrama que você deseja criar. Em seguida, exporte o CSV do diagrama acessando o menu Arquivo e selecionando “Baixar como”,

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.30.05_PM.png

e selecione “CSV de dados de formas”.

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.30.27_PM.png

Quando seu arquivo estiver formatado corretamente, você estará pronto para fazer a importação.

  1. Abra um novo diagrama em branco
  2. Navegue até Arquivo, Importar dados, Diagrama de processos (CSV)

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.26.00_PM.png

     3. Escolha seu(s) arquivo(s) CSV para fazer upload

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.26.46_PM.png

    4. Veja o Lucidchart criar seu diagrama!

Screen_Shot_2018-07-19_at_2.25.04_PM.png



Artigos relacionados
Importar e exportar seus diagramas
Introdução ao Fluxograma
Importação de arquitetura AWS e criação de diagrama
Diagramas entidade relacionamento